Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará

IFCE

Linhas de pesquisa

Ensino de Matemática

A linha de pesquisa tem como finalidades: investigar questões relativas aos processos de ensino e aprendizagem de conteúdos de Matemática em diferentes níveis de ensino. Por conseguinte, pelo uso de metodologias de ensino e concepções didáticas e, a partir dos elementos coligidos em investigação, elaborar e validar sessões didáticas onde o caráter investigativo e a autonomia do aluno sejam estimulados no processo de construção dos conhecimentos matemáticos. Desenvolver sessões didáticas que utilizem tecnologias digitais, tanto no ensino de Matemática (tanto no modelo presencial como no modelo e distância), bem como nas relações epistemológicas (e integradoras) dos outros dois campos de saberes (Física e Química). Pesquisar a formação inicial e continuada de professores em Matemática (em seus variados níveis). Propor metodologias sistematizadas, apoiadas na tecnologia, com vistas ao ensino de Matemática (tanto no ambiente escolar como no lócus acadêmico). Esta linha realiza estudos e práticas estruturadas, direcionadas aos diversos contextos, nos quais, o saber matemático desempenhe um papel relevante, no âmbito do ensino e da aprendizagem. Por fim, a produção de um conhecimento originado em uma ação investigativa que emerge das interações com o saber matemático e guiadas por questões do tipo: por que pensamos em reformas sobre o ensino de matemática? Por que determinamos que certos saberes matemáticos são válidos para o ensino/aprendizagem em detrimento de outros? Qual o papel do professor na mudança de abordagens em Matemática? Destarte, as investigações desta linha priorizam a construção de fontes de pesquisa e recursos educacionais derivados de uma pratica científica sistemática. 

  • Projetos de pesquisa relacionados:
  1. Didática Profissional, Didática das Ciências e da Matemática e a Tecnologia, ensino e a formação do professor;
  2. História da Matemática e Tecnologias: Relacionando o passado e o futuro na formação do professor.

Ensino de Física

A linha de pesquisa tem como finalidades: investigar questões relativas aos processos de ensino e aprendizagem de conteúdos de Física em diferentes níveis de ensino. Por conseguinte, pelo uso de metodologias de ensino e aprendizagem e, a partir dos elementos coligidos em investigação, elaborar e validar sessões didáticas onde o caráter investigativo e a autonomia do aluno sejam estimulados no processo de construção dos conhecimentos físicos. Desenvolver sessões didáticas que utilizem tecnologias Inovadoras, tecnologias digitais, tanto no ensino de Física (presencial ou a distância), bem como nas relações integradoras e epistemológicas dos outros dois campos de saberes, matemática e Química. Pesquisar a formação inicial e continuada de professores em Física. Propor metodologias sistematizadas, apoiadas na tecnologia, com vistas ao ensino de Física (tanto no ambiente escolar como no lócus acadêmico). Realizar estudos e práticas estruturadas, direcionadas aos diversos contextos, nos quais, o saber com bases sobre a Física desempenhe um papel relevante, no âmbito do ensino e da aprendizagem. Por fim, a produção de um conhecimento originado em uma ação investigativa que emerge das interações com bases sobre a Física e guiadas por questões do tipo: por que pensamos em reformas sobre o ensino de Física? Por que determinamos que certos saberes com bases sobre a Física são validos para o ensino/aprendizagem em detrimento de outros? Qual o papel do professor na mudança de abordagens em Física? Qual o papel da Física na formação integral do cidadão? Destarte, as investigações desta linha priorizam a construção de fontes de pesquisa.

Ensino de Química e Biologia

A linha de pesquisa tem como finalidades: investigar questões relativas aos processos de ensino e aprendizagem de conteúdos de Química em diferentes níveis de ensino. Por conseguinte, pelo uso de metodologias de ensino e, a partir dos elementos coligidos em investigação, elaborar e validar sessões didáticas onde o caráter investigativo e a autonomia do aluno sejam estimulados no processo de construção dos conhecimentos em química. Desenvolver sessões didáticas que utilizem tecnologias digitais, tanto no ensino de Química e de Biologia (e de Química Ambiental e Biologia) (tanto no modelo presencial como no modelo e a distância), bem como nas relações (e integradoras) epistemológicas dos outros dois campos de saberes (Matemática e Física). Pesquisar a forma??o inicial e continuada de professores em Química. Propor metodologias sistematizadas, apoiadas na tecnologia, com vistas ao ensino de Física (tanto no ambiente escolar como no lócus acadêmico). Esta linha realiza estudos e práticas estruturadas, direcionadas aos diversos contextos, nos quais, o saber com bases sobre a Química desempenhe um papel relevante, no âmbito do ensino e da aprendizagem. Por fim, a produção de um conhecimento originado em uma ação investigativa que emerge das interações com bases sobre a Química e Biologia e guiadas por questões do tipo: por que pensamos em reformas sobre o ensino de Química e de Biologia? Por que determinamos que certos saberes com bases sobre a Química e Biologia são válidos para o ensino/aprendizagem em detrimento de outros? Qual o papel do professor na mudança de abordagens em Química? Qual o papel da Química no Meio Ambiente e Biologia? Destarte, as investigações desta linha priorizam a construção de fontes de pesquisa.

  • Projetos de pesquisa relacionados:
  1. Formação de professores em Química e o uso das TIC no ensino;
  2. Inserção da Temática Ambiental nas Áreas de (ENSINO) Química e de (ENSINO) Biologia;
  3. Produção de materiais didáticos alternativos para o ensino de química.
  • Docentes:
  1. Ana Karine Portela Vasconcelos; Lattes: http://lattes.cnpq.br/9270231270884490;
  2. Caroline de Goes Sampaio; Lattes: http://lattes.cnpq.br/9870299456044346
  3. Maria Cleide da Silva Barroso; Lattes: http://lattes.cnpq.br/6267402154400258
  4. Raphael Alves Feitosa; Lattes: http://lattes.cnpq.br/1488422394078457

Ensino de Ciências e Matemática nos anos iniciais do Ensino Fundamental

A linha de pesquisa aborda os aspectos do processo de ensino-aprendizagem relativos à construção do conhecimento e a formação conceitual em ensino de Ciências. Trata, portanto, das concepções conceituais de modelos, propostas e diagnósticos de aprendizagem, de avaliação e de aspectos na formação de estudantes e professores de Ciências. Desta forma, a proposta constrói e amplia pesquisas e praticas pedagógicas no âmbito da formação de professores de Ciências. As pesquisas ainda devem aprimorar a qualificação profissional dos alunos em ensino de Ciências e resultar em uma prática inovadora em sala de aula da educação básica e do ensino superior nas instituições públicas ou privadas. Nessa perspectiva, objetiva favorecer ao programa um espaço e envolvimento às investigações, aperfeiçoamento, ressignificação e práticas de integração de ensino de Ciências com outras áreas interdisciplinares e, sobremaneira, desenvolver pesquisas nas temáticas: Alfabetização Científica (AC); Abordagem em Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente (CTSA); Educação Ambiental no ensino de Ciências (EA); Formação de professores no ensino de Ciências, Política pública educacional e ensino de Ciências, entre outras. Outrossim, a linha busca integrar e relacionar a pesquisa, o ensino e a extensão na atuação e feitura da produção das atividades formativas de complexidade no programa.

  • Docentes:
  1. Maria Cleide da Silva Barroso; Lattes: http://lattes.cnpq.br/6267402154400258
  2. Raphael Alves Feitosa; Lattes: http://lattes.cnpq.br/1488422394078457
  3. Juscileide Braga de Castro; Lattes: http://lattes.cnpq.br/2525374702919730
EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish